• AGARICUS MUSCARIUS

    AGARICUS MUSCARIUS (Agar.)

    Patolo­gia psi­cológ­i­ca de Agar­i­cus man­i­fes­ta-se em indi­ví­du­os fra­cos e depen­dentes. Des­de muito jovens que estes indi­ví­du­os esta­b­ele­cem um padrão em que procu­ram a ori­en­tação e o domínio de uma pes­soa mais forte. Têm uma ati­tude doce e não agres­si­va e em vez de mostrarem a sua ira, os mús­cu­los do ros­to tremem. E fre­quente os pacientes de Agar­i­cus sen­tirem per­tur­bações dev­i­do a uma ansiedade extrema rel­a­ti­va­mente à sua saúde. A ansiedade rel­a­ti­va­mente à saúde cen­tra-se num imen­so medo do can­cro.

    MEDO DO CANCRO, COM MOVIMENTOS BRUSCOS E CONTORÇOES

    MENTAL:

    ANSIEDADE hipocon­dría­ca COM SAUDE; especi­fi­ca­mente MEDO DO CANCRO.

    O paciente tem fra­ca von­tade e depende sobre­tu­do do seu médi­co. A sua ansiedade acer­ca da saúde e medo do can­cro é de tal ordem que ator­men­tam toda a gente com as suas queixas. Pen­sa­men­tos de morte, delírio de que é ele que está na sua sepul­tura.

    FISICO:

    CONTORÇÕES, CONVULSÕES, COREIA. Condições patológ­i­cas, tais como menin­gite, escle­rose múlti­pla, par­al­isia, deliri­am.

    A cor­eia mel­ho­ra durante o sono e agra­va pelo coito e pode apare­cer após chat­ices com seu par­ceiro. COITO (des­maio, cor­eia, tremores, pruri­do, con­vul­sões, incon­sciên­cia, etc,).

    Dores apre­sen­tam-se na diag­o­nal, ombro dire­ito e na anca esquer­da. FRIO EM LOCAIS (face, extrem­i­dades, cabeça, etc.)

    Os movi­men­tos são exager­a­dos. Atax­ia. Inép­cia. Tropeça quan­do cam­in­ha. Facil­mente deixa cair coisas.

    MODALIDADES:

    AGR.: coito, ao com­er, deita­do, movi­men­to.

    a@


tradutor
error: Content is protected !!