• Anas barbariae

    Anas bar­bariae, Cai­ri­na moscha­ta (Oscilo­coc­cinum)

     

    São sin­tomas semel­hantes aos da gripe que abrangem uma ampla gama de descon­for­to, incluin­do febre, calafrios, dores pelo cor­po, dor de cabeça late­jante e con­gestão nasal. Além dis­so, podem ocor­rer infecções nos pul­mões, man­i­fes­tadas por tosse seca e rouquidão. Com­pli­cações como otite tam­bém podem sur­gir, acom­pan­hadas por dor inten­sa e per­da audi­ti­va.

    No sis­tema diges­ti­vo, há difi­cul­dade na digestão, espe­cial­mente de ovos e leite, resul­tan­do em náuse­as, vômi­tos e diar­reia féti­da. A ansiedade ger­al é preva­lente, refleti­da em um ros­to páli­do e sen­sação de frieza, jun­ta­mente com um dese­jo obses­si­vo por limpeza e medo de sujeira e des­or­dem.

    Indi­ví­du­os podem se tornar obceca­dos com a arru­mação e a lavagem das mãos, com um medo avas­sal­ador de con­t­a­m­i­nação. Isso pode levá-los a evi­tar tocar em out­ras pes­soas por medo de con­tá­gio. Além dis­so, podem apre­sen­tar ideias e opiniões fixas, demon­stran­do teimosia e relutân­cia em mudar seus pon­tos de vista.

    Modal­i­dades:

    Mel­ho­ria ger­al a par­tir do repouso e do calor.


tradutor
error: Content is protected !!