• BITIS ARIETENS

    BITIS ARIETENS

    As Hemor­ra­gias ten­dem a ser aqu­osas.

    Os flu­i­dos apare­cem sem sinais de avi­so e são muito pesa­dos e jor­rosos.

     

    MENTAL:

    - Rai­va irra­cional e vio­len­ta provo­ca­da pela menor con­tradição.

    - Medo de perder o con­tro­lo.

    - Não têm pre­ocu­pação pelos sen­ti­men­tos dos out­ros.

    - Gana­ciosa, inve­josa e mate­ri­al­ista.

    - Rude e abu­si­va e car­ente de encan­to.

    - Temem que a sua rai­va fique fora de con­tro­lo e enlouqueçam, mas têm pou­ca pre­ocu­pação com os sen­ti­men­tos dos out­ros.

    - Dese­jo de com­pan­hia mas elas não são social­mente adep­tas e são intol­er­antes; tão prováv­el como causarão uma dis­cussão em com­pan­hia.

    - São preguiçosas e os seus ambi­entes ficam desar­ru­ma­dos.

    - Não estão inter­es­sadas em nada e tor­nam-se letár­gi­cas e sem ale­gria.

    - Pref­er­em faz­er algo sem sen­ti­do do que ter de pen­sar no que estão a faz­er.

    - São ganan­ciosas e inve­josas acer­ca do que out­ras pes­soas têm.

    SENSAÇÕES/ILUSÕES:

    - Sen­sação de divisão entre o cor­po e a mente, mas mais forte é a divisão entre a esquer­da e a dire­i­ta, que estão ambas em con­fli­to e unidas.

    - Isto tam­bém envolve um grau de con­fusão e ambigu­idade de género (sex­u­al­i­dade).

    - Sen­sação de con­strição e aper­to com a gar­gan­ta aper­ta­da e fecha­da e res­pi­ração difí­cil, como se alguém estivesse sen­ta­do no peito, como se alguém estivesse a aper­tar os pul­mões, não con­seguisse expandir o peito para inalar.

    CABEÇA (DOR):

    - Ver­tigem (pode ser como uma intox­i­cação e muitas vezes impli­ca uma que­da, par­tic­u­lar­mente para a esquer­da).

    SONHOS:

    - Son­hos de jogo e de vitória por bato­ta.

    ABDÓMEN:

    - Inchaço abdom­i­nal com ar e flat­ulên­cia.

    SISTEMA FEMININO:

    - Dis­menor­reia, como se todo o con­teú­do do abdó­men estivesse a cair para fora.

    SONO:

    - O sono pode ser muito pesa­do, mas tam­bém pode ser inqui­eto com gri­tos e con­ver­sas durante o sono.

    MODALIDADES:

    - Mel­ho­ram com a activi­dade, mas a activi­dade esgo­ta-as muito rap­i­da­mente.

    - Agrava­men­to mati­nal com “dormir para” os seus sin­tomas é par­tic­u­lar­mente notáv­el, mas tam­bém têm uma peri­od­i­ci­dade sem­anal onde são piores na segun­da-feira e mel­ho­ram grad­ual­mente à medi­da que a sem­ana avança.

    COMIDAS E BEBIDAS (GENERALIDADES):

    - Apetite incon­troláv­el com grande fome e uma neces­si­dade de com­er.

    - Dese­jo de ali­men­tos frios e de pro­du­tos dietéti­cos e, por­tan­to, de gela­dos.

    EXTREMIDADES:

    - Ede­ma, inchaço e dilatação.

    - Inchaço e ede­ma ger­al e inchaço das glân­du­las lin­fáti­cas (como todos os iodums).


tradutor
error: Content is protected !!