• CALCAREA CARBONICA

    CALCAREA CARBONICA (Calc.)

    É muito abrangente com uma vas­ta sin­toma­tolo­gia. O home­opa­ta não deve perder-se no vas­to leque de sin­tomas, mas deve procu­rar as seguintes tóni­cas dom­i­nantes do remé­dio. O paciente tem inúmeros medos, um medo pre­dom­i­nante da insanidade. Existe um agrava­men­to ger­al com o tem­po frio e húmi­do. O paciente tem pés frios que podem apre­sen­tar uma tran­spi­ração ligeira­mente vis­cosa. Tendên­cia para ter exces­so de peso, tran­spi­ração em redor do pescoço durante o sono, dese­jo por doces e ovos escal­fa­dos e ver­ti­gens em locais altos. Um Cal­carea car­bon­i­ca deve ter pelo menos algu­mas destas tóni­cas dom­i­nantes.

    FRIORENTO, FLÁCIDO, TEMEROSO, DESEJA OVOS E DOCES

    MENTAL:

    MUITOS MEDOS: de lugares altos, da lou­cu­ra, de cães, de ratos, da morte, da doença, do escuro, de fan­tas­mas, de tem­pes­tades, de aci­dentes. AFLIÇÃO NA RECUPERAÇÃO. TEIMOSO. Sen­sív­el quan­do ouve cru­el­dades. Prob­le­mas reli­giosos em cri­anças. A cri­ança per­gun­ta por Deus, pelo além, etc.

    FÍSICO:

    FRIORENTO, sen­sív­el ao frio (fal­ta de calor vital). Extrem­i­dades frias, em espe­cial os PÉS (em ger­al dorme de meias ou com uma boti­ja de água quente). TRANSPIRAÇÃO pro­fusa DURANTE O SONO em espe­cial na REGIÃO DA CERVICAL, no peito e no couro cabe­lu­do. Agra­va pelo esforço em ger­al, em espe­cial as dores de cabeça. Sem fôlego (res­pi­ração difí­cil, ofe­gante) ao subir.

    OBESIDADE que pro­duz flacidez. UNHAS QUEBRADIÇAS, MOLES. Dores e inchaço das mamas antes da men­stru­ação. Den­tição das cri­anças lenta e difí­cil. Con­vul­sões durante a den­tição. Abdó­men dis­ten­di­do, aumen­ta­do nas cri­anças.

    MODALIDADES:

    AGR.: esforço, frio, cli­ma frio e húmi­do, cor­rente de ar.

    MELH.: cli­ma quente e seco, ao erguer-se.

    a@


tradutor
error: Content is protected !!