• DIGITALIS PURPUREA

    DIGITALIS PURPUREA (Dig.)

    BRADICARDIA

    MENTAL:

    MEDO DE MORRER, SINTOMAS CARDÍACOS. MEDO DE QUE O CORAÇÃO PÁRE DE MOVIMENTAR-SE. Medo da morte enquan­to cam­in­ha. Medo de mor­rer ao dormir. Todos os choques atingem o epi­gas­tro. Apreen­são temerosa com tris­teza, que agra­va extrema­mente com a músi­ca. Remor­so sen­ti­men­tos de cul­pa. Sus­peito e descon­fi­a­do. Indifer­ente. Lento e letár­gi­co. Sem dis­posição para falar. Angús­tia com náusea. Ansiedade no movi­men­to. Ansiedade com grande medo do futuro mais por vol­ta das 18:00 h, com tris­teza e choro que traz alívio. Ansiedade sen­ti­da no estô­ma­go. Ten­ta­ti­vas de fuga.

    FÍSICO:

    PULSO FRACO, IRREGULAR, INTERMITENTE, ANORMALMENTE LENTO 40–45 batidas/min. Pul­so mais lento que o bati­men­to cardía­co. Fraque­za e dilatação do miocár­dio. Res­pi­ração é irreg­u­lar, difí­cil, com pro­fun­do sus­piro e dese­jo con­stante de res­pi­rar pro­fun­da­mente. O mais pequeno movi­men­to provo­ca pal­pi­tação vio­len­ta e sen­sação como se o coração fos­se parar de esforço. Declínio da força, des­maio com tran­spi­ração fria, frieza na pele e res­pi­ração irreg­u­lar. Icterí­cia com envolvi­men­to cardía­co. Este remé­dio deve ser indi­ca­do em casos graves de icterí­cia onde exista a náusea e medo de que o coração vai parar. Sen­sação fra­ca no estô­ma­go. Plen­i­tude apos com­er pouco. Descon­for­to, náusea mes­mo ao ver ou cheirar comi­da mais se o estô­ma­go estiv­er vazio. Frag­ili­dade do epigástrio. Dor de pic­a­da no colo da bex­i­ga, como se uma pal­hin­ha fos­se empurra­da para trás e para a frente.

    Lín­gua e lábios azuis. Pálpe­bras azu­ladas. Os objec­tos pare­cem verdes e amare­los. Cor amare­la­da ante os olhos. Dor forte na tes­ta que se estende ao nar­iz, após beber água fria ou com­er gela­do. Ver­ti­gens com sen­sação de ansiedade, como se fos­se des­ma­iar. DESMAIOS E VÓMITOS DEVIDOS A MOVIMENTOS.


tradutor
error: Content is protected !!