• Ginko biloba

    Ginko bilo­ba

    Men­tal:

    Medo irra­cional com rápi­do fluxo de palavras. Esta­do neb­u­loso com a impressão de irre­al. Dese­jo de ar livre e de repouso. Neces­si­dades de criticar e autocríti­ca. Cólera suprim­i­da com a tendên­cia a ras­gar. Ape­sar da sen­sação de cansaço, o tra­bal­ho int­elec­tu­al é feito mais facil­mente. Fraque­za da memória e difi­cul­dade para pen­sar. Fraque­za int­elec­tu­al, e se sente fra­co, mes­mo para pen­sar. Por causa da fraque­za tem muito pouco inter­esse por seu entorno.

    Gen­er­al­i­dades:

    Face pál­i­da, traços pux­a­dos. Clau­di­cação ger­al com calafrio. Descon­for­to e sen­sação de opressão. Cansaço físi­co grande com a sen­sação de fraque­za ger­al. Lat­er­al­i­dade dire­i­ta, não pre­dom­i­nante.

    Cabeça:

    Peso da região frontal. Dor supra­or­bitária do lado esquer­do. Ver­tigem. Suores do pescoço.

    Nar­iz:

    Secu­ra do nar­iz.

    Olhos:

    Glo­bos ocu­lares dolorosos espe­cial­mente ao olhar para cima e para a dire­i­ta. Sen­sação de visão per­tur­ba­da com um véu diante dos olhos.

    Ouvi­dos:

    Zumbido. Sen­sação de obstrução dos ouvi­dos e diminuição da acuidade audi­ti­va.

    Boca — lín­gua – faringe:

    Boca seca. Lín­gua amarela próx­i­mo à base. Deg­lu­tição difí­cil ras­pan­do a faringe.

    Gar­gan­ta:

    Con­gestão das paróti­das. Dor ao lon­go do ramo ascen­dente do max­i­lar infe­ri­or. Dores fer­roantes das amíg­dalas (esquer­da), com a neces­si­dade de ras­par fre­quente­mente.

    Estô­ma­go — intesti­nos – abdó­men:

    Sen­sação de vazio no estô­ma­go. Peso e ardên­cia do estô­ma­go. Dor na região da vesícu­la bil­iar. Dis­ten­são e inchação da bar­ri­ga. Cóli­ca seca segui­da por defe­cações diar­réi­cas. Sen­sação de calor no ânus.

    Sis­tema Car­dio-hemo-vas­cu­lar:

    Pul­so nor­mal, mas depressív­el. Dor pre­cor­dial pres­si­va e dor ao lon­go do ester­no, com clau­di­cação do braço esquer­do.

    Apar­el­ho res­pi­ratório:

    Irri­tação da laringe com tosse. Expec­to­ração difí­cil, com catar­ro de muco espes­so. Disp­neia.

    Sis­tema urinário:

    Micção fre­quente com uri­na leitosa. Oligúria.

    Gen­itália mas­culi­na:

    Secreção ure­tral de um pus amare­la­do. Diminuição da libido.

    Gen­itália fem­i­ni­na:

    Men­stru­ação antes do tem­po. Dores lom­bares pré-men­stru­ais. leu­cor­reia.

    Sis­tema loco­mo­tor:

    Dores do pescoço, das pon­tas da escápu­la, da região renal. Fraque­za mus­cu­lar do pescoço com cefaleia. Não pode man­ter a cabeça reta sem um apoio. Grande dor durante a rotação da cabeça para a esquer­da. As vér­te­bras cer­vi­cais estão blo­queadas e com um esta­lo ao girar a cabeça para a dire­i­ta. Fraque­za mus­cu­lar ger­al. Per­nas são moles, pés gela­dos. Enruga­men­to da mão dire­i­ta com tremor.

    Pele:

    Erupção var­i­o­liforme tem­porária. Erupções vesicu­losas, ardentes, pru­rig­i­nosas. Sen­sação de secu­ra da pele.

    Sono e Son­hos:

    Insô­nia entre 2 a 3 h da man­hã. Sono pesa­do com pesade­los (de cadáveres).

    Modal­i­dades:

    Agravação: pelo frio; cam­in­har; pelo tem­po úmi­do. Enquan­to bebe, olhan­do para cima e para a dire­i­ta. Aprox­i­man­do-se das 2–3 h da man­hã.

    Mel­ho­ra: pelo calor; pelo repouso.

    Diag­nós­ti­co clíni­co

    Gen­er­al­i­dades: Iní­cio do esta­do gri­pal.

    Sis­tema neu­ro-endócrino-psíquico: cefaleia frontal. Nevral­gia orbitária. Insô­nia. Câim­bras gerais e câim­bras de escritores.

    Apar­el­ho diges­ti­vo: dis­pep­sia. Farin­gite. Helmintías­es.

    Apar­el­ho res­pi­ratório: Cax­um­ba, amigdalite, larin­gite, asma.

    Nar­iz: Iní­cio da rinite de gripe.

    Olhos: Enx­aque­ca oftálmi­ca.

    Sis­tema gêni­to-urinário: Dis­úria. Nefrite agu­da. Poli­menor­reia.

    Apar­el­ho loco­mo­tor: Tor­ci­co­lo. Miopa­tias.

    Pele: Eczema.


tradutor
error: Content is protected !!