• Iris florentina

    Iris flo­renti­na

    Clin­i­ca:

    Con­vul­sões. Delírio. Diar­réia. Dor de cabeça. Hemi­ple­gia (cer­to).

    Mente:

    Delir­i­um e con­vul­sões (com duração de três meses).

    Cabeça:

    Ton­tu­ra e dor de cabeça vio­len­ta, ao acor­dar pela man­hã.

    Gar­gan­ta:

    Dor e calor na gar­gan­ta como após can­tári­das.

    Estô­ma­go:

    Dis­posição para vom­i­tar.

    Fezes (evac­uar):

    Diar­réia.

    Órgãos urinários:

    Micção difí­cil.

    Pescoço:

    Ver­mel­hidão do pescoço.

    Gen­er­al­i­dades:

    Con­vul­sões (recor­rentes durante três meses). — Par­al­isia com­ple­ta do lado dire­ito (com duração de cin­co horas).

    Sono:

    Uma espé­cie de sonolên­cia. — Sono descon­fortáv­el.


tradutor
error: Content is protected !!