• LAC CAPRINUM

    LAC CAPRINUM  (lac-cp)

     

    Em ter­mos emo­cionais, há um medo con­stante de perder posição social ou sta­tus ele­va­do, levan­do à supressão de sen­ti­men­tos e à bus­ca por uma posição segu­ra. O tema do bode expi­atório surge desse medo de que­da e degradação, levan­do à neces­si­dade de escon­der-se, camu­flar-se e con­tar men­ti­ras para evi­tar a per­da de posição.

    As cri­anças que neces­si­tam deste remé­dio tor­nam-se ner­vosas e temem fan­tas­mas, lobos e obje­tos pon­ti­agu­dos, agar­ran­do-se à mãe em bus­ca de segu­rança.

    Há tam­bém rai­va em relação à família e a ilusão de que as pes­soas falam sobre eles pelas costas. Além dis­so, pode haver com­por­ta­men­to sex­u­al desaver­gonhado e uma sen­sação de que os odores são fortes no suor dos pés e gen­i­tais.

    Em ter­mos físi­cos, os sin­tomas incluem dores agu­das na cabeça, olhos, gar­gan­ta e abdó­men, bem como pal­pi­tações, sen­sação de queimação no estô­ma­go e tra­to urinário, e esta­los nas artic­u­lações.

    Men­tal­mente, os indi­ví­du­os são con­tro­la­dos e pru­dentes, com medo de serem sur­preen­di­dos ou ata­ca­dos, mas esse medo é fre­quente­mente inte­ri­or­iza­do e não expres­so. Há uma sex­u­al­i­dade sem ver­gonha, mas tam­bém um medo dos próprios impul­sos sex­u­ais, com temas recor­rentes de seios e sexo oral. As cri­anças ten­dem a ser ner­vosas e assus­tadas, agar­ran­do-se às mães em bus­ca de segu­rança.

    Os sin­tomas físi­cos muitas vezes se man­i­fes­tam no lado esquer­do do cor­po e incluem dores de cabeça, olhos, gar­gan­ta e abdó­men, pal­pi­tações e per­tur­bações diges­ti­vas. As extrem­i­dades podem exper­i­men­tar calafrios e um odor forte nos pés.


tradutor
error: Content is protected !!