• LAC LEONINUM

    LAC LEONINUM (lac-leo)

    A pes­soa que pre­cisa deste remé­dio reage com rai­va, vio­lên­cia e der­ra­ma­men­to sobre os inimi­gos, espe­cial­mente quan­do há um sen­ti­men­to de orgul­ho feri­do.

     

    Este paciente apre­sen­ta uma per­son­al­i­dade com­plexa e mul­ti­fac­eta­da, com várias car­ac­terís­ti­cas dis­tin­tas:

    Exter­na­mente, é perce­bido como nobre e dig­no, mas esconde ess­es aspec­tos por medo de pare­cer arro­gante, mostran­do difi­cul­dade em esta­b­ele­cer lim­ites e diz­er não. Ape­sar da sua cal­ma aparente, é uma pes­soa ambi­ciosa e indus­triosa, que orgul­ha-se das suas con­quis­tas. Con­tro­la­da e orga­ni­za­da, esconde as suas vul­ner­a­bil­i­dades por trás de uma facha­da de segu­rança.

    No entan­to, no cam­po amoroso, rev­ela-se atraí­da por home­ns indisponíveis, preguiçosos, fortes e até vio­len­tos, o que pode refle­tir um padrão de rela­ciona­men­to com­plexo e auto-sab­o­ta­dor. Entre as mul­heres, pode man­i­fes­tar ciúmes, espe­cial­mente entre irmãs. O gan­ho de peso é encar­a­do como uma for­ma de pro­teção sex­u­al.

    O paciente pos­sui uma história mar­ca­da por exper­iên­cias de quase-morte e tragé­dias, sug­erindo uma natureza aven­tureira e uma pos­sív­el lig­ação com a África. Entre os seus prob­le­mas de saúde especí­fi­cos, desta­cam-se aftas, transtornos ali­menta­res e lom­bal­gia.

    No plano men­tal, man­i­fes­ta uma gama de emoções e com­por­ta­men­tos com­plex­os. Exper­i­men­ta fre­quentes episó­dios de rai­va, mas tam­bém tem um forte dese­jo de aju­dar os out­ros, espe­cial­mente as cri­anças. Pode lidar com prob­le­mas de roubo e desacor­do com fig­uras de autori­dade. Em questões rela­cionadas ao casa­men­to, as mul­heres podem estar em desacor­do com os mari­dos, enquan­to os home­ns podem ter relações com out­ros home­ns.

    O paciente é descrito como alguém com padrões ele­va­dos, com amor ao poder e uma neces­si­dade de ser respeita­do. No entan­to, teme perder este poder e inde­pendên­cia, o que pode levá-lo a sen­ti­men­tos de infe­ri­or­i­dade e solidão. Apre­sen­ta uma sen­si­bil­i­dade à ver­dade e uma sede extrema, bem como um aumen­to do dese­jo sex­u­al e humores mutáveis.

    Nos son­hos, man­i­fes­ta pre­ocu­pações com respon­s­abil­i­dades. No que diz respeito às modal­i­dades, os sin­tomas ten­dem a pio­rar antes das men­stru­ações.


tradutor
error: Content is protected !!